Bem Vindos !

Bem Vindos tôdos(as) os que Amam a Lusitânia , tôdos(as) os que Amam Portugal e o Sêu significado profundo no que respeita ao Futuro da nossa querida Mãe Terra e da Sua Criação , incluindo a Humanidade .
Estejam á Vontade nesta humilde casa , aonde podem Descansar junto á Lareira do Coração , enquanto ouvem uma Música e lêem as Palavras reconfortantes de um Livro ... mas não esperem adormecimento , nem alienação , nem inconsciência , nem nada que nos afaste da Realidade ...
Esperem , talvez , o inesperado , e Tudo o que nos possa (re)conduzir de volta á Fonte ... encontrarão aqui Coisas de muitas proveniências .
Tôdas elas , sejam , Palavras , sejam Música , sejam Imagens , falarão de Dêus , o nosso querido Pai e Mãe , Filho e Espírito Santo ... opto por nomear segundo a Tradição Ocidental , que é a minha , em Especial , nêste Rectângulo ancestral que é Portugal , nêste Balcão que Mira o Atlântico profundo , aonde , Algures , no seu Fundo , a Atlântida aguarda Regressar ao Consciente da Humanidade ... não meçam o que aqui vêem/ouvem/sentem , por conceitos limitadôres , porque a Lusitânia da nossa Alma , não tem medida , a nossa querida Mãe do Céu e da Terra , não SE Limita .
Não nos limitêmos nós (cada um de nós) também ... Tudo é permitido , tôdas as palavras , opiniões , sentimentos , maneiras de vêr , serão permitidas , excepto aquelas que nos conduzam de volta á inconsciência .
Palavras de maledicência , de hipocrisia , de cinismo , de maldade , de intolerância , de fanatismo , de mentira , serão erradicadas deste local de Paz .
Tôdas as formas de expressão , religiosas/espirituais/filosóficas serão bem-vindas dêsde que venham do coração , movidas pêla Honestidade e pela Humildade do verdadeiro aprendiz .
Da Lusitânia , de Portugal , falarei/ falarêmos se assim o quiserem , da sua História , da sua Espiritualidade , dos seus Poetas/Profetas ,das Profecias , da sua imensa e íntima relação com o estabelecimento nesta Terra , das Novas Terras e dos Novos Céus prometidas pêlo Criadôr .

Pesquisar neste blogue

02/06/2012

Portugal, A Terra de Santa Maria


Depois de algum tempo sem aparecêr , do qual peço desculpa , quiz recomeçar a série de artigos , com uma Homenagem á Nossa Senhôra  , Mãe , Rainha e Protectôra Santíssima de Portugal , dêsde tempos ancestrais , na minha modesta opinião , bem antes da Fundação Oficial de Portugal .  No entanto , hôje não falarei dêsse aspecto ...Hôje , e cada vez mais , á medida que as trevas se adensam , Necessitamos da LUZ do Espírito Santo que a Nossa Mãe do Céu  nos envia para nos Libertarmos ...

 Apelêmos com Amôr e Humildade  á Nossa Senhôra , Rainha e Mãe de Portugal para nos Libertar de tôdo o Mal e do jugo dos Inimigos de Dêus 

 

  Os Tempos que vivêmos , embora extraordinários (os Tempos da Revelação prometida no Apocalipse ...) , são tempos de grandes Trevas por serem o Final dos Tempos ...mas , onde há uma grande Treva , há Sempre , simultâneamente , uma Grande Luz ... a nós , pequeninos como sômos , cabe-nos a Escôlha que a Revelação nos propõe ... De que Lado querêmos estar ? Do lado da Inconsciência , do "deixa andar" , da Mediocridade , da mais abjecta materialidade ? 

(... não que o Material seja Mau em si . Não é . É sim , uma Benção de  Dêus . Mas é também , a maneira , Luminosa , ou não , como utilizamos a vida Material , que faz com que seja , Bom ou Mau , aquilo que fazêmos na Vida ) . 


Ou do Lado da Consciência , da Belêza e da Verdade de Dêus na nossa vida  ? A Escôlha de cada um de nós , implica Responsabilidade pelos nossos sentimentos , pensamentos e acções , e é essa escôlha que faz com que a Vida não seja , de nenhuma maneira , um acaso ...Nada é uma acaso ! Isso é o que se chama de Consciência ! Dêus nunca é Injusto ! Não há Injustiça na Criação Divina ...  fomos nós , foi  a Liberdade de escolhêrmos  e , no entanto , há , tem havido ao longo de séculos , uma  Manipulação escondida pela Sombra     ,  da nossa "Escôlha" ... mas isso , fica para outro artigo ... ) , que "construíu" o mundo de Trevas , de maldade e Hipocrisia em que  têmos subvivido  , 

 (o qual coexiste , em paralelo , com a Luz , a Belêza , a Verdade e Simplicidade da Vida , a qual pode também  sêr Vivida , se Diáriamente  Escolhêrmos  Conscientemente Dêus na nossa vida ...

e  que  agora , pela Misericórdia de Dêus para com a SUA Humanidade e Criação , está nos sêus  estádios finais ... se  "isto" durasse muito mais tempo , não sobraria ninguém , nada , para contar a História  ás gerações futuras ...


Portanto , sem mais delongas , aqui vai .
(As fotos e vídeo aqui apresentados foram acrescentadas por mim)


« Portugal,  Terra de Santa Maria

A DEVOÇÃO DE Portugal a Maria começou desde o início da nação. No século XII ,  D.Afonso Henriques, fundador do Reino e primeiro rei de Portugal, pôs o seu país sob a protecção de Nossa Senhora por uma promessa, feita com o consentimento dos vassalos e assinada na Sé de Lamego,  no dia 28 de Abril de 1142. Por isso, pode considerar-se esta data como o dia de baptismo de Portugal, que desde então passou a ser chamado TERRA DE SANTA MARIA . Alguns anos depois, quando a cidade de Santarém foi reconquistada aos Mouros, Dom Afonso Henriques fez construir um mosteiro dedicado à Virgem Santa Maria de Alcobaça .
A Virgem Maria tornou-se madrinha de cada cidade reconquistada aos Mouros.
Todas as conquistas do Rei fundador começaram sob os auspícios de Maria e, em cada cidade retomada aos Mouros, a Virgem foi entronizada como madrinha, enquanto o povo lá construía uma igreja com o seu nome: é o caso das mais antigas igrejas de Lisboa, designadamente a Nossa Senhora dos Mártires e a Nossa Senhora da Enfermeira.



Santuário de Nossa Senhôra da Nazaré

Não obstante, o Santuário de Nossa Senhora da Nazaré, no litoral, é sem dúvida o mais antigo Santuário Mariano Português, bem anterior à Fundação do reino; a estátua de Maria revela-nos a passagem dos espanhóis, naquela região, antes da invasão dos árabes. Na Batalha, no século XIV, o rei mandou construir, em sinal de agradecimento da parte de Portugal, uma enorme igreja dedicada a Maria, sobre a invocação de Nossa Senhora da Vitória, em comemoração da grande batalha ganha aos invasores espanhóis, no dia 14 de Agosto de 1385. Sempre no litoral português, é necessário assinalar a igreja de Santa Maria de Belém, pois foi desta praia, e após terem-se confiado à protecção de Maria, que os grandes navegadores partiram à descoberta dos mares. E assim começou em grande parte do mundo, onde não era conhecida,  a veneração a Maria, Estrela do Mar, protectora dos navegadores e dos missionários.

A devoção mariana é particularmente marcada em Portugal pelas peregrinações; são chamadas procissões das velas (ou círios), pois cada paróquia tem o seu grupo de peregrinos que cada ano vai ao altar de Nossa Senhora entregar a sua vela. A vela da Virgem do Cabo, do Cabo Espichel, é uma das mais antigas velas portuguesas mas existem muitas outras, em todas as províncias do país. Outra particularidade : em Portugal, todas as catedrais são consagradas a Nossa Senhora da Assunção, como também mais de um terço das igrejas paroquiais. Este facto deve-se a que várias datas importantes da história portuguesa coincidiram com o dia de Nossa Senhora da Assunção. Também a festa de Nossa Senhora das Dores é uma das mais celebradas, assim como o rezo do terço. Em Portugal, é também corrente os pais darem a Virgem Maria como madrinha de uma criança, o que demonstra como esta Nação está ligada ao Amôr da Virgem.




25 de Março de 1646 : Nossa Senhora da Imaculada Conceição é reconhecida oficialmente como Protectôra de Portugal.
Mas foi no dia 25 de Março de 1646 que foi proclamado o decreto real confirmando a decisão das Cortes de nomear Nossa Senhora Imaculada Conceição protectora de Portugal, em agradecimento da independência da nação, na oitava de 8 de Dezembro de 1640. Desde então, todas as grandes instituições portuguesas, sem esquecer as universidades, decidem defender a doutrina da Imaculada Concepção... cerca de dois séculos antes da proclamação do dogma pela igreja em 1854!

Actualmente, o Santuário de Nossa Senhora de Fátima é o foco de atracção mariana mais célebre e conhecido do país. Neste Santuário de fama mundial, a Virgem Santa pediu essencialmente 3 coisas : a devoção ao seu Coração Imaculado para livrar os pecadores do Inferno e pela paz; a consagração ao seu coração imaculado pela conversão da Rússia; a comunhão reparadora de cada primeiro sábado do mês. Os acontecimentos de Fátima propulsaram um novo fervor mariano que se propagou por todo o país! Todos os guias espirituais do país reconhecem que foi graças à protecção miraculosa de Maria e à profunda devoção mariana das suas crianças que a nação permaneceu fora da última Guerra Mundial, que tanto devastou o resto da Europa cristã!
Pio XII reconhece que a protecção de Nossa Senhora de Fátima preservou Portugal da Segunda Guerra Mundial.
Assim, o Papa Pio XII, aquando do coroamento da estátua de Nossa Senhora de Fátima, em 1946, podia afirmar: “ A guerra mais terrível que devastou o Mundo, ao longo de quatro intermináveis anos, rodeou as vossas fronteiras, sem conseguir ultrapassá-las; devem este facto a Nossa Senhora, que, do seu trono misericordioso, (…) situado em Fátima, no centro do vosso país, zelava por vocês e pelos vossos governantes...”

Aquando destas festas do coroamento da Nossa Senhora de Fátima, a Virgem viajou durante 32 dias por todas as paróquias do país e as multidões vinham aclamá-la ao longo das estradas: “Parecia que o país inteiro se tinha transformado numa imensa catedral sem paredes que limitassem a assistência. Literalmente, as cidades e as aldeias, para ir à frente da Virgem peregrina, ficavam despovoadas num mesmo instante”, escreve o padre José Oliveira Dias, s.j., na sua crónica. E continua: “Era, em geral, nas Câmaras Municipais que a Virgem passava a noite”. Fazia-se então a vigília eucarística, durante a qual, muito frequentemente, as autoridades civis tomaram o hábito [...] de consagrar solenemente o seu concelho ao Coração Imaculado de Maria”.
De Fátima ao mundo inteiro
Depois disso, Lúcia, vidente de Fátima, concebeu o projecto de fazer peregrinar Nossa Senhora pelo Mundo inteiro e, a partir de 1947, teve início esta peregrinação mundial: em toda a Europa, mas também em todos os continentes do Mundo, inúmeras paróquias acolheram a Virgem Imaculada de Fátima.

Sem comentários :

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...