Bem Vindos !

Bem Vindos tôdos(as) os que Amam a Lusitânia , tôdos(as) os que Amam Portugal e o Sêu significado profundo no que respeita ao Futuro da nossa querida Mãe Terra e da Sua Criação , incluindo a Humanidade .
Estejam á Vontade nesta humilde casa , aonde podem Descansar junto á Lareira do Coração , enquanto ouvem uma Música e lêem as Palavras reconfortantes de um Livro ... mas não esperem adormecimento , nem alienação , nem inconsciência , nem nada que nos afaste da Realidade ...
Esperem , talvez , o inesperado , e Tudo o que nos possa (re)conduzir de volta á Fonte ... encontrarão aqui Coisas de muitas proveniências .
Tôdas elas , sejam , Palavras , sejam Música , sejam Imagens , falarão de Dêus , o nosso querido Pai e Mãe , Filho e Espírito Santo ... opto por nomear segundo a Tradição Ocidental , que é a minha , em Especial , nêste Rectângulo ancestral que é Portugal , nêste Balcão que Mira o Atlântico profundo , aonde , Algures , no seu Fundo , a Atlântida aguarda Regressar ao Consciente da Humanidade ... não meçam o que aqui vêem/ouvem/sentem , por conceitos limitadôres , porque a Lusitânia da nossa Alma , não tem medida , a nossa querida Mãe do Céu e da Terra , não SE Limita .
Não nos limitêmos nós (cada um de nós) também ... Tudo é permitido , tôdas as palavras , opiniões , sentimentos , maneiras de vêr , serão permitidas , excepto aquelas que nos conduzam de volta á inconsciência .
Palavras de maledicência , de hipocrisia , de cinismo , de maldade , de intolerância , de fanatismo , de mentira , serão erradicadas deste local de Paz .
Tôdas as formas de expressão , religiosas/espirituais/filosóficas serão bem-vindas dêsde que venham do coração , movidas pêla Honestidade e pela Humildade do verdadeiro aprendiz .
Da Lusitânia , de Portugal , falarei/ falarêmos se assim o quiserem , da sua História , da sua Espiritualidade , dos seus Poetas/Profetas ,das Profecias , da sua imensa e íntima relação com o estabelecimento nesta Terra , das Novas Terras e dos Novos Céus prometidas pêlo Criadôr .

Pesquisar neste blogue

23/05/2011

O Plano do Senhôr para Portugal : O Milagre de Ourique !


A Batalha de Ourique e o nascimento do Reino de Portugal
 

Foi a partir da  Batalha de Ourique que nascêu o Reino de Portugal . Ao enfrentar  os Mouros , os Portuguêses achavam-se em grande inferioridade numérica, sendo que muitos cronistas idóneos , referem-se a cem Mouros  para cada Lusitano. Nessa situação crítica, Nosso Senhôr veio em auxílio dos Cristãos e designou definitivamente  D. Afonso Henrique como Rei dos Portuguêses.

Bastaria a tradição do aparecimento de Cristo, o nosso Salvadôr , mercê feita a El-Rey D. Afonso Henriques, mas esta é ainda confirmada, pelos textos dos nossos autôres, assim como o de muitos estrangeiros gravíssimos, para se têr como certo o favôr que Dêus Nosso Senhôr quis fazer à Nação Portuguêsa. Mas para maior confirmação , ordenou o mesmo senhôr El-Rey , parece que com particular providência, que nos ficasse outra memória ilustríssima dessa verdade. E é uma escritura autêntica em que o mêsmo rei D. Afonso jura pêlos santos Evangelhos como viu com os seus próprios olhos o Salvadôr do mundo na forma que temos contado.



Achou-se, no ano de 1506, no cartório do Real Mosteiro de Alcobaça e foi instrumento o Doutôr Frei Bernardo de Brito, cronista-mor de Portugal, a quem o Reino deve com a glória adquirida pêlos seus escritos, as graças de tão ditôso achado. É um pergaminho de lêtra antiga, já gasto, com o sêlo de El-Rey D. Afonso, e outros quatro de cêra vermelha, com pendentes de fios de sêda da mêsma côr, confirmado por pessôas de autoridade, em que se fundamenta o maior crédito humano que pode havêr em escrituras.

O Doutôr Frei Lourenço do Espírito Santo, Abade então daquela Casa Geral da Ordem de Cister, nêste reino, pessôas de grandes lêtras e muita prudência, julgou sêr vontade de Dêus divulgar-se por tôdos esta memória. E assim, indo a Lisboa, alevou o pergaminho e mostrou aos senhôres do governo, e depois fazendo jornada à côrte de Madrid, o apresentou

ao católico rei D. Felipe II, e o viram também muitos grandes da sua côrte, e por tôdos foi venerado e estimado como merecia , um documento de tanto prêço, do qual o teor é o seguinte:



“Eu, Afonso, Rei de Portugal, filho do Conde D Henrique e neto do grande Rei D. Afonso, diante de vós, Bispo de Braga e Bispo de Coimbra e Teotónio, e de tôdos os demais vassalos do mêu reino, juro nesta Cruz de metal, e nêste livro dos Santos Evangelhos, em que eu pônho as minhas mãos, que êu, miserável pecadôr, vi com estes olhos indignos a Nosso Senhôr Jesus Cristo estendido na cruz, do modo seguinte:

“Êu estava com o meu exército nas terras do Alentejo, no Campo de Ourique, para dar batalha a Ismael e outros quatro reis mouros que tinham consigo infinitos milhares de homens. E a minha gente , temerosa da sua multidão, estava muito atribulada e triste. Em tanto que publicamente, diziam alguns sêr temeridade acometêr tal jornada. E eu, enfadado do que ouvia, comecei a cuidar comigo o que faria. E como estivesse na minha tenda um livro em que estava escrito o Testamento Velho e o de Jesus Cristo, abri-o e li nele a vitória de Gedeão, e disse para mim mesmo. Muito bem sabeis vós, Senhor Jesus Cristo, que por Amôr Vosso tomei sobre mim esta guerra contra os Vossos adversários. Em Vossa Mão está, dar a mim e aos mêus, fortaleza para vencêr estes blasfemadores do Vosso Nôme.
“Ditas estas palavras, adormeci sôbre o livro e comecei a sonhar que via um homem velho vir para onde eu estava e que me dizia: Afonso, tem confiança, porque vencerás e destruirás estes reis infiéis e desfarás a sua potência e o Senhor Se te mostrará.


“Estando nesta visão, chegou João Fernandes de Souza, meu camareiro, dizendo-me: Acorde senhôr mêu, porque está aqui um homem velho que vos quer falar. Entre - respondi-lhe - se é cristão.

“E tanto que entrou, conheci sêr aquêle que no sonho vira, o qual me disse:

“Senhôr, tende bom coração, vencereis e não sereis vencido. Sois amado do Senhôr, porque sem dúvida Pôs sobre vós, e sôbre a vossa geração depois dos vossos dias, os olhos da Sua Misericórdia, até a décima sexta descendência, na qual se diminuirá a sucessão, mas nela assim diminuída, Êle tornará a pôr os olhos e Verá. Êle me Manda dizêr-vos que quando na seguinte noite ouvirdes a campainha da minha ermida, na qual vivo há sessenta e seis anos guardando no meio dos infiéis com o favôr do mui Alto, saiais fora do Real, sem nenhum criado, porque vos Quer mostrar a Sua grande Piedade.


“Obedeci, e prostrado em terra, com muita reverência, venerei o embaixadôr e Quem o mandava. E como, pôsto em oração, aguardava o som, na segunda vela da noite ouvi a campainha, e armado com espada e rodela, saí fora dos reais, e súbitamente vi à parte direita, contra o nascente, um raio resplandecente e indo-se pouco a pouco clarificando, cada hora se fazia maior.

E pondo de propósito os olhos para aquela parte, vi de repente, no próprio raio o sinal da Cruz, mais resplandecente que o Sol, e um grupo grande de mancebos resplandecentes, os quais creio que seriam os santos anjos. Vendo pois esta visão, pondo à parte o escudo e a espada, (...) me lancei de bruços e desfeito em lágrimas comecei a rogar pela consolação dos meus vassalos, e disse sem nenhum temôr:



“A que fim me apareceis, Senhôr? Quereis porventura acrescentar fé, a quem tem tanta? Melhor é, por certo, que Vos vejam os inimigos e creiam em Vós, que êu que dêsde a fonte do baptismo Vos conheci por Dêus verdadeiro, Filho da Virgem e do Padre Eterno, e assim Vos conheço agora.

“A Cruz era de maravilhosa grandeza, levantada da terra quase dez côvados. O Senhôr , com um tom de voz suave, que as minhas orelhas indignas ouviram, disse-me:

“Não te apareci dêste modo para acrescentar a tua fé, mas para fortalecêr o têu coração nêste conflito, e fundar os princípios do têu reino sobre pedra firme. Confia, Afonso, porque não só vencerás esta batalha, mas tôdas as outras em que pelejares contra os inimigos da minha Cruz. Acharás a tua gente alegre e esforçada para a peleja, e te pedirá que entres na batalha com o título de Rei. Não ponhas dúvida, mas tudo quanto te pedirem, lhes concede fácilmente. Eu Sou O Fundadôr e o Destruidôr dos reinos e impérios, e Quero em ti e nos têus descendentes fundar para Mim um Império, por cujo meio, seja o Mêu Nôme publicado entre as nações mais estranhas. E para que os teus descendentes conheçam Quem lhes dá o reino, comporás o Escudo das tuas armas com o prêço pêlo qual Eu Remi o género humano, e daquêle porque fui comprado pêlos judeus, ser-me-á o reino santificado, puro na fé e amado na Minha Piedade.

“Eu, tanto que ouvi estas coisas, prostrado em terra, O adorei dizendo: Por que méritos, Senhor, me mostrais tão grande misericórdia? Ponde, pois, os Vossos benignos Olhos nos sucessôres que me prometeis, e Guardai salva , a gente portuguêsa. E se acontecêr que Tenhais contra ela algum castigo aparelhado, executai-o antes em mim (...) e livrai este povo que amo como o único filho.

“Consentindo nisso, o Senhôr disse-me : Não se apartará nunca dêles nem de ti, a Minha Misericórdia, porque por sua via tenho aparelhadas grandes searas, e a êles escolhidos por mêus seguidores em terras muito remotas.


“Ditas estas palavras Desaparecêu e êu, cheio de confiança e suavidade me tornei para o real. E porque isto se passou em verdade, juro, eu, D. Afonso, pêlos Santos Evangelhos de Jesus Cristo, tocados com estas mãos. E, portanto, mando aos mêus descendentes que para sempre sucederem, que em honra da Cruz e das Cinco Chagas de Jesus Cristo, tragam no sêu escudo, os Cinco Escudos partidos em Cruz, e em cada um dêles os trinta dinheiros, e por timbre a Serpente de Moisés, por sêr a figura de Cristo e êste seja o troféu da nossa geração. E se alguém intentar o contrário, que seja maldito do Senhôr e atormentado no inferno com Judas, o traidôr.

“Foi feita a presente carta em Coimbra aos vinte e nove de Outubro, na Era de 1152,

“êu, El-Rey D. Afonso”.


(Fonte : da Crónica  d ' E l – Rey D Afonso Henriques por Duarte Galvão)

12 comentários :

  1. Ainda bem que gostaste .Tenho mais para te Contar ...

    ResponderEliminar
  2. .


    Rogério meu irmão, muito do que está escrito já aconteceu
    e visível para todos verem.

    "porque por sua via tenho aparelhadas grandes searas, e a
    êles escolhidos por mêus seguidores em terras muito remotas."

    Os Portugueses levaram o nome de CRISTO pelos quatro
    cantos do mundo, ninguém mais fez igual feito, a Glória
    que brilha não é para os Portugueses, mas sim para o
    nome de CRISTO que ficou nesses lugares até ao dia
    de hoje, a iluminar a vida daqueles que Nele acreditam.

    Não nos escolhemos a nós mesmos,
    foi Ele quem nos fez e criou.

    Naquela batalha nasceu,
    e um propósito veio fazer.
    Uma parte já está cumprida,
    e breve as cearas virão colher.

    E agora, já perto do fim,
    do Alto de novo irá brilhar,
    O Nome que é sobre todos,
    e nas bandeiras cruzou o mar.

    À quando agora acontecer,
    neste passado irão procurar.
    Ai sim ireis todos vós entender,
    sempre foi DEUS aqui a mandar.


    Abraço a todos, na paz.


    .

    ResponderEliminar
  3. Meu irmão "anónimo" :) , grato pelas tuas palavras .
    Sim , sei que já muito aconteceu , mas também que falta Cumprir-Se Portugal , ou seja , Portugal precisa de Cumprir a Terceira parte da sua Missão , que é Instaurar em Portugal , pela Graça de Cristo , o Império do Santo Espírito .
    Para tanto , êste regime Ateu de Maçonaria , arma do Inimigo de Dêus em Portugal , tem de sêr (eu diria) exterminado da nossa Nação .
    Com tanto Património Espiritual que está sêr tôdos os dias Destruído em Portugal , incluso , a Manifestação da Essência de Portugal , A Língua , pergunto-LHE muitas vezes , de que é que O Mestre está á espera !?
    Bem sei que A Glória não é para os Portuguêses , para Portugal , mas sim para Cristo , Rey , Mestre , Guia e Senhôr de Portugal .
    Tal como dizem os Templa´rios , os Cavaleiros de Cristo de Portugal , «Não a nós , Senhôr , não a nós , mas a Vós , Senhôr , seja Dada Tôda a Glória !» .
    Abraço , irmão .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim,GLORIA A VÓS SENHOR!GUIAI-NOS PARA A VOSSA GLORIFICAÇAO ETERNA PORQUE A VÒS PERTENCE TODA A GLORIA!BENDITO SEJA DEUS QUE NOS UNIU COM O AMOR DE CRISTO!

      Eliminar
  4. .

    Rogério Maciel-
    Meu irmão "anónimo" :) , grato pelas tuas palavras .
    _________________________________
    Tzaruch--
    Olá irmão Rogério, na verdade faltou um nome para
    que você soube-se quem escrevia, mas por outras
    respostas pode confirmar que é o mesmo.


    Rogério Maciel-
    Sim , sei que já muito aconteceu ,
    _________________________________
    Tzaruch--
    Então, e é por essas coisas saber, que você já tem
    a certeza que o restante irá acontecer.


    Rogério Maciel-
    mas também que falta Cumprir-Se Portugal ,
    ou seja , Portugal precisa de Cumprir a Terceira
    parte da sua Missão , que é Instaurar em Portugal ,
    pela Graça de Cristo , o Império do Santo Espírito .
    _________________________________
    Tzaruch--
    Da forma como escreve até se poderia entender
    que seja Portugal que tem PODER para fazer alguma
    coisa, o que se sabe não ser verdade, pois você diz no
    fim, que será por CRISTO.

    Se é pela graça de CRISTO, então isso só irá acontecer
    quando tiver que acontecer, tudo tem o seu tempo, tudo
    tem o seu propósito, e a hora já está marcada, só "falta"
    mesmo chegar essa hora.



    Rogério Maciel
    Para tanto , êste regime Ateu de Maçonaria ,
    arma do Inimigo de Dêus em Portugal , tem de sêr
    (eu diria) exterminado da nossa Nação .
    _________________________________
    Tzaruch--
    Não deia importância a esses assuntos irmão, nada
    do que falou ou outros piores irá prevalecer, o poder
    de DEUS é TÃO GRANDE que é só ELE falar, e é
    como se já tivesse acontecido.




    Rogério Maciel-
    Com tanto Património Espiritual que está sêr tôdos os
    dias Destruído em Portugal ,
    _________________________________
    Tzaruch--
    Somente é levantado aquele que tiver caído, tenha fé e não
    desanime, leia de novo estas palavras.

    ""o Senhôr disse-me :
    Não se apartará nunca dêles nem de ti, a Minha Misericórdia,""

    Se você crer, por certo saberá, que só acontece aquilo que tiver
    que acontecer, e até quando for para acontecer.





    Rogério Maciel-
    incluso , a Manifestação da Essência de Portugal , A Língua ,
    _________________________________
    Tzaruch--
    Sobre este assunto ficará de seguida respondido à parte.



    Rogério Maciel-
    pergunto-LHE muitas vezes ,
    de que é que O Mestre está á espera !?
    _________________________________
    Tzaruch--
    Mas o irmão não deve fazer esse tipo de perguntas, como
    se o MESTRE não esteja a ver, ou que por algum motivo se
    esteja a atrasar ou a esquecer.

    Lembre-se, não é do nosso conhecimento, nem devemos
    questionar a totalidade do plano, nem os pormenores,
    nem os quê, nem os porquê, pois com TODA A CERTEZA,
    no tempo que já está marcado, tudo irá acontecer.

    Não existe espera, apenas FÉ, e a Fé é crer naquilo que
    não se pode ver, e confiar que isso irá acontecer.
    (sem duvidar nem questionar)



    Rogério Maciel-
    Bem sei que A Glória não é para os Portuguêses ,
    para Portugal , mas sim para Cristo , Rey , Mestre ,
    Guia e Senhôr de Portugal .
    _________________________________
    Tzaruch--
    Pois claro, sendo assim, quando chegar o tempo,
    aquele para quem é a Glória, irá se manifestar,
    e o fará da forma como bem entender.




    Rogério Maciel-
    Tal como dizem os Templa´rios ,
    os Cavaleiros de Cristo de Portugal ,
    «Não a nós , Senhôr , não a nós ,
    mas a Vós , Senhôr , seja Dada Tôda a Glória !» .
    _________________________________
    Tzaruch--
    Como o irmão falou "dizem", pode-se entender que
    os Templários não estão extintos, de outra forma você
    diria "diziam", e muito bem eles assim tem falado, pois
    não teria melhor maneira de o dizer.


    (continua na próxima resposta)

    ResponderEliminar
  5. .

    Rogério Maciel-
    Com tanto Património Espiritual que está sêr tôdos os
    dias Destruído em Portugal ,

    incluso , a Manifestação da Essência de Portugal , >A Língua< ,
    _________________________________
    Tzaruch--
    Por coincidência isso sobre a Essência de Portugal na Língua
    já foi lido antes, fica então aqui algo sobre o assunto do tal desacordo.


    Alguém "famoso" comentou sobre o assunto, e você de igual
    forma mostra um certo descontentamento acerca do acordo
    ortográfico.

    Na verdade não existe motivo de preocupação, nem de receio
    que algo seja perdido, porque a Verdadeira Essência não está
    nas letras, nem como elas são escritas, mas sim no todo que
    é uma nação e um povo.

    Povo este, que tem a sua origem em CRISTO, e não em feitos
    de homens e das suas próprias mãos.


    Pelo pergaminho de letra antiga nesta página colocado, bem
    se pode ver, que ao longo de tantos anos a própria Língua que
    é dos Portugueses veio se alterando, palavras que evoluíram,
    letras que deixaram de ser usadas em certas palavras, e isso
    na verdade nunca se poderia evitar, já aconteceu em outras
    línguas no passado e aconteceu com a língua que falamos.

    Antes escrevia-se El-Rey, e agora Rei, sendo o Y de origem
    Espanhola, por nós deixou de ser usado, mas nunca se deixou
    de entender o significado de Rei.


    Se essa essência de Portugal fosse somente manifestada
    na Língua e na forma da escrita, então á muito que a mesma
    teria sido perdida, porque quando Portugal nasceu não era
    assim que se falava, nem era assim que se escrevia.

    Portugal jamais deixará de ser Portugal por algumas letras
    serem omitidas ou palavras de outra forma escritas, aquilo
    que Portugal é, já o era quando nasceu, ou seja, um propósito
    maior que do Alto ficou escrito, e aquilo que é, _será até ao fim_.

    A língua (fonética) dos Portugueses, é e será sempre uma das
    que mais sentimentos expressam, que da alma exprime com
    palavras o que vai por dentro, não será letras nem acordos
    ortográficos que conseguirão mudar estes sentimentos que
    do coração nascem.

    Também está escrito-

    "Eu Sou O Fundadôr e o Destruidôr dos reinos e impérios,
    e Quero em ti e nos têus descendentes fundar para Mim um
    Império, por cujo meio, seja o Mêu Nôme publicado entre as
    nações mais estranhas.
    E para que os teus descendentes
    conheçam Quem lhes dá o reino, "


    Assim irmão Rogério, tenha paz dentro do seu coração, viva
    tranquilo e confiante, tenha FÉ (esperança), e creia que tudo
    está no caminho certo, não se importe com detalhes, mas sim
    procure ver o TODO, que é onde reside a Verdadeira Essência,
    pois esta foi fundada por DEUS em JESUS CRISTO, e assim
    homem algum conseguirá extinguir a essência PORTUGUESA.






    Rogério Maciel-
    Abraço , irmão .
    _________________________________


    Tzaruch--

    Procura e tu encontrarás,
    em outros lugares este a falar.
    Aquele a quem falou o Altíssimo,
    e agora a Sua Palavra veio ensinar.


    Abraço, fique em paz.

    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu irmão Tzaruch , perdôa a demora da resposta .
      Concordo contigo em prácticamente tudo , só não posso concordar com o que dizes sôbre a Língua .
      E não , ninguém pode destruir a Essência , mas o que está a sêr Destruído é a Manifestação Verbal da Essência de Portugal .
      Mais do que nada na Manifestação Física de Portugal , a Língua é a Primeira das Manifestações .
      Lembra-te :
      «No Princípio , Era O Verbo , e O Verbo estava Com Dêus e O Verbo Era Dêus .»
      A Língua , o Verbo , é a Particularidade Única , a Ideosincrasia Inalianável e Inimitável , a Exclusiva e Absoluta Única Manifestação do SOM PRimordial para CADA Nação , o que Confere a Individualidade que cada Nação tem.
      Unidade na Diversidade .Essa é a Criação de Dêus .
      A Língua de Cada Nação , antes de mais nada , é o Diferencial mais Único em relação a outras nações , o diferencial que Vem do mais íntimo da nação.
      Apesar de centênas de exemplos de palavras e expressôes que são a sêr Destruídas , só te digo êste .

      FaCto ! Fato !

      Em Português , duas coisas diferentes mas relacionadas .

      Um FATO é um FaCto em forma de roupa , de tecido , criado por um alfaiate á medida da pessôa que o vai usar .

      E usa-se em dias domingueiros ou de festa , ou mêsmo de trabalho .

      É um FaCto que se arruma um FATO , no Guarda-Roupa , no Armário .

      No Brasil , FATO , serve para tudo .., sem nenhum tipo de distinção , o que faz daquela linguagem , O Brasileiro , uma grande mistela, confusa e horrível para quem AMA O POrtuguês.
      Aquilo não é Português .É Brasileiro .

      Tal como "FATO" , existem muitos outros exemplos na linguagem do Brasil.
      A construcção das frases , as expressões , são horríveis , se se pensar EM Português , mas são únicas , só dêles se se pensar que é Brasileiro .
      É a língua dêles e não pode NUNCA sêr Confundido com O Português .
      Para êles , FATO(Português) é TERNO .

      Para Nós , Portugal , TERNO , é uma expressão de CARINHO , um sentimento , uma emoção ...
      Em Portugal , não metêmos a TERNURA no Armário , no Guarda-Roupa .
      Enfim , como podes vêr ,meu irmão , uma simples e única palavra ( na realidade DUAS !), tem tanto para Diferenciar , tem tanto para se dizêr das enormes diferenças .

      E o MAl disto tudo , é que querem substituir A MATRIZ , O Português , pelo DERIVAÇÃO (Horrível nos seus SONS e EXPRESSÕES para Portugal e para a Língua de Portugal , porque não são PORTUGUÊS!) , o Brasileiro , e pôr-NOS , Portugal , a Falar e a escrevêr uma de duas alternativas , ou mêsmo as duas , que são o Brasileiro e o Inglês .

      Meu irmão , eu tenho FÉ .Portugal não será Destruído .Mas tens de aceitar que há um Perigo Latente que se manifesta na Tentativa de Destruir a NOSSA Língua ...

      E é NOSSA porque NASCEU e foi EVOLUÌDA NATURALMENTE , ao longo dos séculos , AQUI .Em Portugal.
      Não no BRasil.
      No Brasil , O Português já deixou de o sêr há bastante tempo .
      No Brasil , pegaram no Português e evoluíram-no á sua maneira , e como resultado , têmos HOJE , uma linguagem que de Português só tem a Origem .

      Forte Abraço , meu irmão.

      Rogério Maciel

      Eliminar
    2. Amigo concordo contigo a nossa lingua deve ser preservada.o Brasileiro nao vou dizer que uma lingua confusa ou horrivel,mas uma coisa é verdadeira foi derivada da nossa ,por isso a nossa deve manter-se e nao haver acordos,porque Portugues é Portugues!

      Eliminar
  6. Resposta I

    Tzaruch--
    Então, e é por essas coisas saber, que você já tem
    a certeza que o restante irá acontecer.

    Rogério
    Mas , eu sei , que irá acontecêr ...no entanto vejo muita
    Maldade e Cinismo a Destruir Portugal , e , o que me irrita e frusta , pois não é receio , é não podêr fazêr Justiça imediata .

    Tzaruch--
    Da forma como escreve até se poderia entender
    que seja Portugal que tem PODER para fazer alguma
    coisa, o que se sabe não ser verdade, pois você diz no
    fim, que será por CRISTO.
    Se é pela graça de CRISTO, então isso só irá acontecer
    quando tiver que acontecer, tudo tem o seu tempo, tudo
    tem o seu propósito, e a hora já está marcada, só "falta"
    mesmo chegar essa hora.

    Rogério
    Irmão , eu sei que estamos pelas ruas-da-amargura , que Portugal está de rastos , que não tem podêr para , sózinho , fazêr o que que que seja ...Portugal , nunca na Sua História Maravilhosa , estêve tão Mal ...o Inimigo aprendeu a lição (de que não é nada fácil Destruir Portugal !)com as tentativas anteriôres e desta vez tem "trabalhado" muito bem e conseguiu pôr Portugal de rastos , (quase...e digo quase , porque Portugal , É O Pôrto-do-Graal ..a Mão de Dêus está Aqui posta !) completamente dependente do exteriôr para se ir Arrastando ...
    Eu sei disso , irmão , mas também Sei que O Altíssimo Senhôr Tem os Olhos postos nesta Nação dêsde a Sua Criação pelos Templários .
    Esta é a Terra da Santa Cruz , a Terra de Santa Maria , da Mãe , que tanto Nos Ama , a Terra Futura(Próximo...) do Espírito Santo... o Inimigo , não tem , na realidade, nenhum podêr sôbre esta Terra da Promissão .
    Êsse ,o de servo Amado de Dêus , é O Podêr de Portugal ...
    Mas , irmão , fico Grato pela tua FÉ e pelas palavras de Grande Esperança que dizes .

    Tzaruch--
    Não deia importância a esses assuntos irmão, nada
    do que falou ou outros piores irá prevalecer, o poder
    de DEUS é TÃO GRANDE que é só ELE falar, e é
    como se já tivesse acontecido.
    (continua)

    ResponderEliminar
  7. Resposta II

    Rogério
    Tens razão irmão.Basta Dêus Dar a Voz-de-Comando e A Hora (que o Fernando Pessôa tão maravilhosamente Descreveu no seu poêma...) Chegará , Imediata !
    Bem sei que não deveria dar tanta importância a isso , mas , não suporto essa Escumalha satânica ...é mais forte do que eu ...
    Nêste caso , não sigo o Pai Nosso , não lhes(se é que se pode dizêr «lhes» para criaturas das Trevas , sem alma e Inumanas ...) perdôo de nenhuma maneira , pois , essas criaturas , não são Humanas .

    Tzaruch--
    Somente é levantado aquele que tiver caído, tenha fé e não
    desanime, leia de novo estas palavras.

    ""o Senhôr disse-me :
    Não se apartará nunca dêles nem de ti, a Minha Misericórdia,""

    Se você crer, por certo saberá, que só acontece aquilo que tiver
    que acontecer, e até quando for para acontecer.

    Rogério
    Tens razão , irmão , mas já muito Belo , Arquitectónico e Espiritual Património foi Destruído , e a tentativa constante dessa ratazânas de esgôto de destruir mais , deixa-me muito zangado ...ainda há 2 anos tentaram Destruir uma parte importantíssima do Castelo de Tomar(Local Sagrado de Portugal) , e , em grande parte , conseguiram (fôram travados , julgo que pelo Senhôr , pois estavam a preparar-se para fazêr ainda mais estragos...)...é um autêntico Arboricídio (O Asassínio do Património Natural que faz parte do Espiritual de Portugal...) o que está acontecêr em Portugal.

    http://www.arvoresdeportugal.net/2011/08/abate-de-arvores-em-mata-nacional/

    ... daí a minha pergunta ao MESTRE .
    Bem sei que é estupidez minha .
    Bem sei que O Mestre Tudo Vê e Tudo Sabe , em especial nesta Nação da Sua Lavra , mas não consigo deixar de ficar Triste , Furiôso até , frustrado , pela insidiosamente Cínica Destruição e Maldade diárias que vejo acontecêr em Portugal...
    Não Duvido do Podêr do Senhôr .
    FÉ , eu tenho , e tenho muita ... e sei que a Lógica do MESTRE não é a nossa , mas mêsmo assim ...

    Tzaruch--
    Pois claro, sendo assim, quando chegar o tempo,
    aquele para quem é a Glória, irá se manifestar,
    e o fará da forma como bem entender.

    Rogério
    Oxalá fôsse Já Hôje !

    Tzaruch--
    Como o irmão falou "dizem", pode-se entender que
    os Templários não estão extintos, de outra forma você
    diria "diziam", e muito bem eles assim tem falado, pois
    não teria melhor maneira de o dizer.

    Rogério
    Sim , irmão , digo-o conscientemente .
    Êles estão Vivos em Portugal.
    Fôram destruídos no resto do planêta , mas não Cá .

    http://templariosportugueses.blogspot.pt/2014_08_01_archive.html#3742032338754122393

    Um Abraço !





























    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...